quinta-feira, 18 de agosto de 2011

-Aceitei carona e paguei com a Buceta

Estava um dia com o pessoal num pagode e observei que tinha um cara mer comendo com os olhos,quando o pagode acabou fomos tomar uma sopa e esse cara seguiu nosso taxi num momento oportuno aonde estavamos para tomar a sopa e puxou conversa se oferecendo para me levar para casa a principio exitei mas ele insistiu e eu acabei cedendo e entrei no carro dele,no caminho nos falamos muito ai el me convidou para irmos a um lugar mais tranquilo aceitei e fomos a um motel,chegando lá entramos ele me abraçou me beijou o pescoço a orelha fiquei com os bicos dos peitos duros,ai ele me apalpou os peitos eu fui com a mão direto no pau dele que ja estava duro,através do toque pude sentir que não era grande, abri minha blusa ele afastou meu soutieme apalpou com desejo,com vontade e meteu a boca, enquanto ele chupava meus peitos abri minha calça e tambem a dele, ele foi abaixando e beijando meu corpo e tirou a minha calça me deitou na cama, enquanto eu olhava para ele,tirou minha calça me deitou na cama enquanto eu olhava para ele e tirou as calças tambemsaltando aquela rola dura que imaginava dali a poucos segundos entraria na minha buceta quente e latejante o que só aumentava meu tesão,veio beijando-me dos pés a cabeça, voltou aos peitos chupou bastante foi até a buceta e me enfiou o pau que tava duro foi até no fundo socando com força e assim ficou por alguns instantes e estocadas firmes, me virou me pôs de quatro alisou minha buceta e de novo enfiouo pau na minha buceta socando bastante e arrancando gemidos frenéticos de mim, me tirando até o folêgo, me colocou de lado e mais uma vez socou o pau com muita força, eu mordia e agarrava-me ao lençol de tanto tesão, então ele me colocou de bruços na cama me deu umas palmadas na bunda e novamente enfiou seu pau na minha buceta com estocadas vigorosas me sentia uma cadela sendo fodida eu gemia muito e com vontade,escorria um liquido da minha buceta senti enquanto esfregava meu grelo por baixo de mim, então ele tirou o pau da minha buceta e se prostou ao lado da cama com o pau pingando ainda do meu gozo e ordenou que eu mamasse,fiquei de joelhos passei a lingua no seu saco de baixo para cima e mamaei bastante o caralho do meu fodedor até ele quase gozar, quando ele anunciou seu gozo me afastou segurou-me pelos cabelos e disse que iria despejar nos meus peitosabri a boca enquanto ele punhetava e batia com o pau na minha boca, após punhetar por alguns instantes então ele jorrou muito forte os três primeiros jatos foram na minha boca e rosto e o restante direcionado em meus peitos que espalhei com vontade olhando ele gemer e urrar, passei a ponta dos dedos nos bicos do meu peito com porra e chupei gostoso olhando para ele com cara de puta bem safada, fomos tomar um banho onde ainda fiz uma boa chupeta de cócoras embaixo do chuveiro e ele me deixou bem próximo a minha casa.